sexta-feira, 25 de abril de 2008

SUMMER CAMPS


Por duas vezes enviei meu filho para um Summer Camp e posso afirmar que esta é sem dúvida a melhor escolha para adolescentes e para as mamãe que estão enviando seus filhotes pela primeira vez para o exterior.

Ele vai se divertir muito, aprender a conviver com jovens de várias nacionalidades, aprimorar o seu conhecimento de idiomas, e você vai ficar tranquila e feliz por estar proporcionando a seu filho uma extraordinária experiência para seu desenvolvimento.

Existem regras específicas para cada lugar.
E em alguns Campus existe a possibilidade dele sair sozinho mediante autorização por escrito dos responsáveis.
Fora isso só saem acompanhados.
Eu nunca dei esta autorização, mas a decisão é sua.

Eles são recebidos por pessoal especializado do curso, que faz plantão no aeroporto aguardando os diversos voos que vem trazendo os garotos de várias partes do mundo.
Estas pessoas são uniformizadas e estão identificadas com crachá.
O procedimento e o mesmo no traslado da volta.

Estando todos reunidos são acomodados em Ônibus ou Van e encaminhados para o colégio.
Lá eles serão conduzidos para as suas acomodações.
Geralmente são dois jovens por quarto, e a não ser que você exija, são de nacionalidades bem diferentes.
O que é extremamente benéfico.

Se você escolheu um Campus na Europa saiba que seu filho dividirá o banheiro com outros jovens, ao contrario dos Estados Unidos onde geralmente cada quarto tem seu banheiro.

Eu sempre procurei lugares com pouca presença de brasileiros, pois na minha opinião um ambiente multicultural onde haja grande troca de informações enriquece e valoriza muito esta experiência.
Mas existem jovens que precisam do apoio de alguém que fale seu idioma.
Analisem bem e escolham um lugar adequado ao perfil de seu filho.

A alimentação é a internacional de jovens, ou seja: macarrão, frango, batatas fritas, pizzas.
Eventualmente uma experimentação da culinária do lugar.
Mas devido a diversidade de culturas eles sempre optam por esse tipo de menu que afinal agrada a todas as nacionalidades.
Você pode pedir ao agente, ou ver no site do Campus, o menu que eles oferecem.
Refrigerantes são possíveis nas máquinas ou em cantinas, e são pagos á parte.

Aliás uma informação importante diz respeito a dinheiro.

Quanto devo dar a meu filho?
Isso vai depender do que ele está acostumado.
Existem meninos que já saem consumindo no Duty Free do Brasil.
No geral os gastos são pequenos, mas procure saber com o agente, sobre este aspecto.
Cada lugar tem características diferentes.
Mandei meu filho para um Camp da Alemanha com 300 euros e ele trouxe quase tudo de volta.
A programação era toda de museus e passeios ecológicos.

Repeti o valor na Espanha e ele ficou furioso porque faltou dinheiro e a programação foi toda de parques temáticos e danceterias, e os valores foram insuficientes.

Os Camps tem jovens monitores contratados com a finalidade de ocupar o tempo livre com recreação cultural e esportiva.
Eles fazem competições, teatro, jornal, tênis, futebol, natação, aula de culinária, enfim ocupam seu tempo de forma saudável e divertida.

Os passeios são sempre acompanhados e é um momento que eles esperam com ansiedade.
Dependendo do lugar escolhido, se é próximo a cidades importantes ou grandes capitais a programação é de museus e pontos turísticos famosos.Senão os passeios são ecológicos pelas imediações, mas nem por isso menos interessantes e prazerosos.
O agente pode previamente lhe fornecer a programação das excursões.

No dia seguinte da chegada é realizado um teste de nivelamento.
Seu filho vai para uma classe adequada a seus conhecimentos do idioma.
As aulas são interessantes e interativas, ele vai aprender muito.
Incentive-o a conversar na língua local, com algum menino que tenha o mesmo objetivo, e ficar distante dos brasileiros do grupo.

Curiosamente, quando você manda seu filho para um pais onde a língua não é o inglês, é que ele volta com um inglês afiadíssimo.
Isto porque os jovens comunicam-se entre eles em inglês o tempo todo, pois como cada um tem um nível, fica difícil a comunicação no idioma do curso.
Eles aprendem mesmo é nas aulas e no dialogo com os funcionários.
Observe que enviando seu filho para um Campus de língua não inglesa, você e ele acabam lucrando mais.
As duas vezes que meu filho fez Summer Camp aconteceu isso.
Ele nunca precisou de cursinho de inglês aqui no Brasil .O que ele aprendeu lá, mais o colégio, foram suficientes para o nível fundamental.
Um ótimo inglês.
Mais tarde evidentemente, ele aprimorou com cursos em Universidades.

Para facilitar o entrosamento dele, comprei uma porção de brindes e sourvenirs para ele distribuir entre amigos, funcionários e professores.
Pode acreditar que ajuda muito a quebrar o gelo inicial.As havaianas com o a bandeirinha do Brasil fazem o maior sucesso.

Se ele for do tipo comunicativo, vai voltar com a agenda lotada de emails de garotos do mundo inteiro.
Incentive-o a manter comunicação com os novos amigos pelo MSN ou mesmo através do correio eletrônico.
Claro que estas amizades um dia esfriam mas, enquanto durarem ,é uma ótima forma de prolongar os benefícios do curso.

12 comentários:

Jéssica disse...

Oii Marcia, olha você está de parabéeeeens mesmo por esse blog! Me ajuda bastante enquanto eu tento convencer meus pais de ir a um summer camp :)
Mas queria saber quais foram brindes e sourvenirs que você comprou para o seu filho levar nos summer camps, e a quantidade +/-, só para ter uma idéia!
Obrigada Jéssica :)

MARCIA CASARES disse...

1 dúzia de brindes é mais que suficiente.
Postais da sua cidade,Chaveiros com bandeira do Brasil,com fitinhas do Bomfim, havaianas de bandeirinha,dvds de jornaleiro sobre futebol, sabonete Phebo ou palmolive Amazonia (adoram)
Tomara que vc consiga convencer seus pais!
bjussssssssss

Maii !! disse...

Oii Marcia quanto tempo mais ou menos??... é tem nivel de ingles porque eu sei fala muito puco.. ??

Obrigado Maiara !

MARCIA CASARES disse...

Maiara, o Summer Camp varia de 3 a 4 semanas e você faz um teste de nivelamento ao chegar, cursando uma turma correspondente ao seu inglês.
Bjussss e volte sempre!

maiara rosa disse...

ah ta bom.. brigada por responderr ^^.. meus pais já deixaram *---* .. mas so falaram que é quando não tiver aula

Maii !! disse...

ii você tem uma foto, ou na internet.. explica mais ou menos como é? (é que minha mnãe tá preocupada coisa mãe shauh)

maiara rosa disse...

é tem algum site do summer camp? do eua??

MARCIA CASARES disse...

Na coluna á direita há uma lista de links de Summer Camps.
Por favor leia, para que vc conheça o programa.
Não responderei mais a perguntas que estejam já escritas nos textos sobre o assunto.

Maii !! disse...

ah mais uma coisa.. é que lugar nos eua?o camp fica?? não to achando isso no seu blog

Rê :D disse...

Maii, dei uma olhada tb, se não me engano é em Ohio...

Márcia, qual a idade máxima para participar dos Camps?
Há camps específicos para determinada idade?
=)

Maii! disse...

Brigada ré :)

MARCIA CASARES disse...

Até uns 18 anos, meu filho foi até 16,mas disse que tinham jovens de 18 também.
Quando ele ficou mais velho,(18 anos) ja foi para Cursos de Idiomas ficando no Campus da Universidade, nos chamados dorms.
Bjusssssssssss