sábado, 19 de julho de 2008

COMO UM PEIXE FORA D' ÁGUA


É claro que no início, seu filho vai se sentir mesmo como um peixe fora d'água, e é natural que isto aconteça, afinal tudo é novo.
Ao mesmo tempo que dá um certo receio, tudo que é novo estimula e desafia.
Quem não lembra do seu primeiro dia de aula numa escola nova?
Agora imagine esta sensação ampliada por mil, país desconhecido e sozinho...
É preciso que nos primeiros dias ele tenha um apoio da familia, isto é, um tempo maior no telefone ou no computador.
Não se preocupe, porque á medida que ele vai se entrosando nos ambientes familiares e escolares, naturalmente ele vai se desprendendo dos vínculos daqui.
Procure nas suas conversas estimulá-lo e fortalecê-lo, para que ele fique seguro.
O seu peixinho em pouco tempo estará até nadando contra a correnteza, pode acreditar...

3 comentários:

Anônimo disse...

Marcia, parabens pelos 7500 acessos ao blog que e muito bom!



Dadum

André disse...

Márcia, parabéns pelo blog. Vejo que você fez o blog pensando nas mães que mandam seus filhotes para estudarem fora do Brasil, mas no meu caso foi o contrário. Minha mãe (58 anos)quem está fazendo intercambio em Barcelona - ESP. e quando ela me ligava me falava justamente que se sentia como um peixe fora d'água, pois foi a primeira vez que viajou sozinho pro exterior. Faz 4 meses que está lá e vou mandar o link do seu blog pra ela dá uma olhada =o)
Parabéns mais uma vez.

André Nyer - PE

MARCIA CASARES disse...

Obrigada Dadum!
E André sua mãe é o máximo!!!
Apareçam sempre por aqui para ler as novidades do blog.
bjusssssssssssssssss