domingo, 24 de agosto de 2008

INTERAGINDO



A fluência que você tanto deseja vai depender muito do estilo de vida que ele terá.
Mesmo que você fique mais segura por ele estar cercado de brasileiros, fique sabendo que não é assim que ele voltará fluente.
Pode ser agradável, fazer a viagem mais fácil, mas definitivamente não é a boa.

Em qualquer programa que ele vá é necessário que ele viva o cotidiano da cidade.
Interagir com os outros alunos, mesmo os de outras nacionalidades.
Nestes intercâmbios é muito comum a presença maciça de asiáticos e árabes.
Geralmente eles ficam bastante tempo, dá para fazer boas amizades e trocar informações sôbre a diversidade de culturas.
Ele só terá a lucrar.

Mas bom mesmo é viver a vida da cidade, ler tudo que passar pela frente, cartazes, informações nas lojas e não ter vergonha de se expressar.
Os "gringos" vem aqui, e não tem o menor pudor em falar errado.
É assim que se aprende, tentando.

Você deve providenciar DVDs e livros para que eles apresentem seu país, é uma ótima forma de iniciar amizades.
Eles tem muito interesse !

Aliás os meninos devem levar camisas da Seleção, elas são disputadas nas trocas, e fazem sucesso nos ginásios e campos dos colégios e universidades.
Alguns jovens que não são muito comunicativos se beneficiam muito desta estratégia de aproximação.

Um comentário:

Alexandra disse...

Marcia, seu blog ta demais de bom! parabéns! profissa mesmo!
bjos e saudades